domingo, 5 de dezembro de 2021

As criaturas mais lindas...


 

Sombras e lembranças perpassam agora pelos caminhos que as flores costumavam estar, a colorir o tempo e o lugar, a perfumar o ar que levava o vento aos lagos e às montanhas distantes dos olhos que se encantavam com a beleza que espraia tua elegância, cheia de luz e de amor...
 
O tempo tem dessas nuances em nossa existência, quando aparece, de vez em quando, lembranças e vultos do que ficou pra trás, mesmo que tomado por alegrias e sorrisos, tenham sido os momentos vividos...
 
Tudo vem à mente, como belas e formosas lembranças e manifestações de quem nos tocou com as mãos do amor, com os braços cheios de ternura, motivados pelo desejo de ser e de fazer a alegria de outrem, e dela desfrutar...
 
Não morre a vida, quando essa é cheia de alegria, sorrisos, altruísmo, gratidão, abraços e a presença da mão amiga. Isso é o que a torna imortal. E por mais que a presença física inexista, há pessoas que continuam nos fazendo companhia, dando o ar da sua graça, com seu sorriso inefável, suas gargalhadas e falas animadas, cheias de espiritualidade e de vida, tudo e todos, inesquecíveis.


Em cada novo dia, no amanhecer em cada fim do dia, no entardecer, sua presença é inconteste e irrefutável, através da forma de vida que gostava de levar, alto astral, boa companhia, dizendo que a vida é bela e tudo que nela há.
 
Um brinde à essas pessoas, a diferença que torna esse mundo palatável e suportável, mesmo que já tenham ido primeiro, mas que ficaram pela alegria de viver, enquanto viveram, eivadas de doçura, gentilezas, sorrisos e afagos, as criaturas mais lindas.


- jose valdir pereira –

 

                                                                     Sharon Stone

                                                                      

Nenhum comentário: