domingo, 2 de janeiro de 2022

Só com a sutileza do olhar, se enxerga a alma da mulher

 

Quem sabe olhar, consegue ver: 

há na alma da mulher, no seu corpo e no seu coração, um sagrado templo... 
É dele que emana toda luz que ilumina e dá sentido às palavras dos poetas...
A mulher no seu estado iluminado, no seu estar reflexivo, quando seus olhos olham, mas quem enxerga é seu coração, dá, ao homem, ou a quem a vê com o coração, a possibilidade de fazer todas as leituras da alma feminina... 

Mas, a mulher só deixa de ser um enigma, e se verga, quando está amando; 
é nesse mister, que se descobre, e se arremessa, completamente nua -
Nem a déspota, até ela, resiste ao amor e, por isso, se dispa, corpo e coração, à mercê do amor - porque ela quer ser amada; profundamente amada!

- jose valdir pereira - 


                                             Twin Peaks (1990) - David Lynch

Nenhum comentário: