segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Just For You 2 -- Giovanni Marradi...



TU ERAS TUDO E AGORA NADA

Quando deixei-me entregue aos teus cuidados de amor,
imaginei que chegaria uma paz profunda no meu coração
e minha alma alcançaria a beleza divina do Criador.

Quando entreguei minhas mãos ao teu corpo,
para sentir a suavidade da tua pele e o sussurro da tua voz nos toques havidos,
imaginei haver chegado ao céu, e me libertado de todos os desejos insanos, até então colimados, 
e que permeavam meu indolente corpo fatigado pelas dores dos açoites mundanos.

Desde que tomaste de mim meus sonhos, dando-me aos teus, 
minha vida, dando-me à tua, meus passos para seguir os teus,
meu coração para sentir o teu amor, pensei haver chegado, enfim, na derradeira parada da minha busca tão arvorada nos meus momentos de súplicas, nos meus instantes de ansiedade.

E eu nem havia ainda esquecido o sabor da cereja que me deste quando me beijaste pela primeira vez.
Não, que fazer para esquecer aquele olhar que me arrancou de mim, afastando-me de todos os sonhos e desejos que habitavam meu coração, porque em ti tudo me ocorria encontrar.

Agora, nem mesmo a noite, com seu céu, suas estrelas e seu luar, nem mesmo o mar, com sua brisa, suas ondas e seu esplendor exposto aos meus olhos, esses que tanto os quis ver, nem todos os beijos, nem todas as flores e nem todos os amores me bastarão para que eu saiba e possa viver sem ti..

- jose valdir pereira -




Nenhum comentário:

Postar um comentário