quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

A única maneira hoje para estar contigo

 
A única maneira para estar contigo, é ler teus poemas.
Neles, ouço tuas palavras chegando aos meus ouvidos,
tuas mãos tateando em busca dos meus seios
e teu olhar, na doce meiguice que tantas vezes o fez,
exprimindo o amor que tens no coração.
Neles, dou-me por completa e cheia de tudo que pode dar-te, os prazeres que almejas e queres, e me encontro como uma princesa no castela, tu fazendo-me à corte e eu completamente apaixonada, a dar-te minhas mãos, encontrar-me nos teus quentes e doces beijos e, de olhos fechados, me vendo ser a mulher mais feliz do mundo.
Neles, nos teus poemas, encontro-me nos teus braços, possuída e amada, tomada pelo ardor dos teus carinhos e sentindo todo a expressão do quanto me tens, nos teus murmúrios e nos teus gestos sôfregos de amor.
Neles, há doçura nas manhãs ao despertar ao teu lado, paixão e ternura em cada anoitecer, afagada pelos teus aconchegantes abraços, sentindo-me inteiramente amada, porque é o que dizem teu corpo, teu olhar, teus lábios e teu sorriso.
A única maneira, hoje, de estar contigo, é ler teus poemas.
É neles que me ponho a fechar os olhos e a entregar-me aos sonhos, onde mergulho nas tuas carícias, a sentir o prazer do amor que fazemos, do quanto sabes fazer-me feliz.
A única maneira, hoje, de estar contigo, agora, é ler teus poemas. 
É neles que tu estás em mim e eu em ti.
Onde nosso amor se realiza em toda sua completude.
- jose valdir pereira -



Nenhum comentário:

Postar um comentário