o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Porque esperar é loucura...

 Onde estavas que eu não te achava...
 Por onde andaste que não me encontravas...
 E que desejos são estes que me desmancham em ti...
 e como conter a ânsia de mergulhar em teu corpo...
 E o que vou fazer nos próximos segundos sem ti...
 Que nos amemos assim...
 Porque esperar é loucura...
 Vem, deixa que eu te toque...
 Deixa que meus lábios dêem partida à minha loucura...
 porque depois é outro instante, é outro momento, é outra vez! 
(José Valdir Pereira)


Nenhum comentário:

Postar um comentário