o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

sábado, 9 de junho de 2012






Minha amada e querida, 
flor do meu jardim, 
luz do meu caminho, 
perfume que inebria minha vida, 
cheiro que desperta meus desejos...


Me toma, 
me tem, 
me prende em seu corpo,
suga minha alma, 
dá-me aos seus momentos de prazer,
acolhe-me na mais profunda forma do seu ser,
deixa-me sentir seus murmúrios de amor...
por ser amada, profundamente amada...por mim...
e ser domado, plenamente engolido...por você.
(jose valdir pereira)



segunda-feira, 4 de junho de 2012





Alucinações Desvairadas de um Maluco Normal Num Momento de Lucidez!

...E nesse tic tac da dispensa, ocorre que, me vem à cabeça, à noite, 
essa noite que escorre em forma de paz e que me dá a sensação de que estou sozinho no universo! Imperando, feito rei absoluto, bem acompanhado, porque eu sou, ainda, a minha melhor companhia!
Que bom! Assim, posso me amar melhor; ter mais tempo para mim e discutir melhor as minhas diferenças comigo mesmo e aplicar-me a pena que mereço!
Que bom, fazer amor comigo, dizer do quanto me amo, e ser todo ouvidos para mim; não ser comedido e fazer caretas no espelho, dizendo do quanto sou feio, ou, por outra, do quanto sou bonito, e me apaixonar, perdidamente, por mim!
Não suporto a idéia de que outra vez vai amanhecer e tudo vir, sorrateiramente, me engolir e despejar carradas pesadas de imundice sobre mim... e eu tudo novamente...
Que não haja dia; só um pouco de luz, para que eu me veja e possa me distinguir de mim mesmo, evitando, assim, uma guerrinha pessoal...É que, mesmo de noite, tem momentos que nem a mim eu suporto; essa minha pessoa, às vezes, me aborrece! 
Em certos momentos, fico intragável com a minha ausência de mim, e quando me procuro, querendo conversar um pouco comigo, não me encontro...Desespero!
Só um instante! Vou sair para ver se o dia está vindo...Coitada da noite e de mim, que gosto dela; somos engolidos pelo dia!
Quero que haja mais trevas e eu a me espiar, mais enamorado de mim, à meia luz, desconturbado esperando eu me amar um pouco mais. Muito mais! Estou me amando aquém. Mereço mais de mim! Amém...(josé valdir pereira)






"Deixei que pegasse minha mão, 
entrasse no meu coração, 
morasse nos meus pensamentos e permanecesse na retina dos meus olhos, indelevelmente...
Dei a você o melhor beijo que sei, 
o melhor abraço de mim, 
o olhar mais amante que meus olhos timidamente exprimem, no meu inebriamento...
Sussursos iguais e acenos incontidos deixei que meu corpo derramasse sobre o seu, 
saídos do meu amoroso jeito de amar...
Nem mesmo as rosas, 
meus amores preferidos dentre as flores do meu inefável jardim, 
receberam de mim, 
o tanto de tudo que já lhe dei, 
porquanto é a mais bela, 
a mais endeusada, a mais deseja e inenarrável...
Ó, amor meu, paixão da minha existência, 
calmaria dos meus tormentos, 
energia para os meus desalentos, 
paz da minha vida, minha luz, 
aconchego e melhor abrigo, 
terei eu algo mais para lhe dar?
(josé valdir pereira)