o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

sexta-feira, 21 de outubro de 2011


...E de tanto contentamento, meu coração se entrega de vez a ti!
(Jose valdir pereira)


Nenhum comentário:

Postar um comentário