o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

sábado, 22 de outubro de 2011

É melhor não arriscar...





Preparando-se para sair, dar uma volta, ir trabalhar, um passeio, ao cinema? 
Quer evitar se aborrecer, não se irritar facilmente? 
Sabe como é que é, por aí, nesse mundo de tantas idas e vindas...de repente, aparece...

Bem! Faça o seguinte: pegue três pacotes de paciência, beba um copo cheio de tolerância, duas colheres de chá de amabilidade, faça o sinal de cruz e pronto.
Se por ventura alguém ou algo impertinente ameaçar perturbar sua calma e sua paz, pense no que você fez em casa para ficar imune de qualquer incursão externa. (josé valdir pereira) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário