o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

quarta-feira, 10 de abril de 2013





EU SEM NINGUÉM
Por josé valdir pereira

O rio secou, o mar também,
a noite chegou e a lua que não vem...
O céu sem estrelas, o mundo acabou,
e eu sem ninguém...

O vento parou, a brisa também, 
o verde secou, nem rio, nem flor,
o mundo acabou e eu sem ninguém.

Onde estão as flores e os amores também?
Quem os viu, quem os têm?
E que fim levou quem tudo criou?
Por que Ele não vem?

E eu sem ninguém, o céu sem estrelas...
Onde está o amanhã? 
E o meu amor e o amanhecer, por onde andarão?
O mundo acabou e eu sem ninguém.
Onde está você, que não vem?



sábado, 6 de abril de 2013






"Precisamos amar e sermos amados para vivermos bem!
(jose valdir pereira)

"Nada mais nos completa que o amor de alguém!"
(jose valdir pereira)




"Só pelo amor nos tornamos pessoas felizes!"
(jose valdir pereira)