o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

sábado, 3 de dezembro de 2011

Porque és gentil...




Porque és gentil e tens nobreza na alma, por isso, nos gestos...
Porque tu amas com intensidade, alma, corpo e coração...
porque tu és tão bela como o são as pétalas de uma flor.
Meu tenro amor...
Meu desejo de amar...                (Jose valdir pereira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário