Livro infantojuvenil do poeta

Livro infantojuvenil do poeta
O MAIS RECENTE LIVRO DO POETA

sábado, 3 de dezembro de 2011

Por que és assim, assim, tão mulher?






És tão dependente de atenção, de carinho, de afagos e beijos de amor, da mão amada a segurar tua mão, do perfume que gostas de sentir exalado do corpo do teu amado, da tua convicção de que és bela, formosa, a própria diva do amor, a companheira indispensável, amiga e valiosa; 

És tão suscetível ao desejo de servir, cativar, cultuar, cultivar, amar, cuidar, recomeçar, refazer, encarar, prosseguir, recuar se preciso for, sem, no entanto, desistir...

És tão presente, a escolhida para perpetuar os desígnios de Deus, velar pela natureza, a única criatura de incontáveis fôlegos, vidas; a única comparada às flores, pela perfumação da tua fragrância e pela deslumbrante beleza que tens...

És tão desejada, mas tão inacessível, que sem os recursos das artes e das seduções, homem algum chega ao teu coração... Se chega, porém, és fiel, leal, sem igual, amante e um oceano de amor, carinho; um tesouro cobiçado e que todo homem quer; Por que és tão assim, assim, tão mulher?
(josé valdir pereira)





Nenhum comentário:

Postar um comentário