amor

amor
Do amor divino. Do amor poético. Quando estamos guiados pelo amor de Deus, tudo encerra muita alegria e muita paz!

sábado, 10 de outubro de 2020

Perseverar, pacientemente, pelo amor de sua vida...

 

DO DESCOMPASSO AO BEM DA INSISTÊNCIA 

Há uma desajustada desavença entre meu coração e o teu; 

enquanto o meu teima pelo teu, o teu se aquieta, e, instantes seguintes, escapole, de mansinho, indo ter-se até o outro lado tênue da estação, como quem persegue a chegada do trem para partir...para ir ter-se bem longe do meu - FUGINDO; 

Há, sim, uma descompensada querência entre os dois - um, todo desajeitado, ingênuo e sonhador - o meu, naturalmente, curte a doçura e o amor que pode ter do teu, se for esse o teu desejo; 

o outro, obviamente o teu, corre mil léguas, insensível e cheio de espinhos - COMO QUEM A DIZER: NÃO ME TOQUES -, medindo distância do meu, sem mesuras, ternura, atenção e carinho; e INDO; 

Não me importo com esse desatino, porque, se quer meu coração o teu, tem que haver incursão infinda, até que a conquista se consuma, e teu coração queira o meu, e tu sejas minha...-POR FIM!

josé valdir pereira




Nenhum comentário:

Postar um comentário