sábado, 25 de julho de 2020

O que tu és...





"Um sopro teu, foi suficiente para um suspiro meu, desterro da minha agonia, motivo sagrado da minha alforria; um beijo teu, foi fatal para nascer em mim, este amor total por ti; 

aquele olhar melífluo, que me mostrou o caminho do teu coração, aprisionou-me, enfim - agora, todo teu, cuida de mim! 


já não corro feito corsa nas matas virgens da minha liberdade; 
Direis: ora vamos, confessa a verdade? 
Digo: agarrado ao teu corpo e apegado à tua alma, como, durmo, acordo, amo e vivo e morro...
Tu és meu fim! 


Tu és, ó amada minha, meu último desejo, minha derradeira parada, minha eterna morada, meu último suspiro de mim e o limiar do meu renascer!"


(josé valdir pereira)


Nenhum comentário:

Palavra do Senhor

  "Então disse; eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo"  Hb 10:9.   "...