sábado, 11 de julho de 2020

Na doçura do amor...

"...Deixou-se, instante seguinte, cair sobre meu corpo, 
como de costume, lentamente, e devorou-me inteiramente...
Quando só um pouco da noite restava, 
despertou-me para sair da loucura invasiva, 
do seu corpo que inda dormia...
Só me dera conta que me mordera, 
depois que começara, outra vez, 
percorrer as mesmas curvas, linhas, já toda minha!
Do lado, em silêncio, do lado, a amora que avermelhou sua boca, 
a cereja que vicejara a entrega, 
o vinho que a deixou lânguida 
e a flor que, cúmplice, 
fê-la toda faminta, ensandecida e derramada sobre mim!"
(josé valdir pereira)


Foto: Nancy Kwan, 1960′s

Nenhum comentário:

Palavra do Senhor

  "Então disse; eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo"  Hb 10:9.   "...