segunda-feira, 20 de julho de 2020

Da difícil arte da convivência...


DA DIFÍCIL ARTE DA CONVIVÊNCIA COM OS DIFERENTES COMUNS

Para parte da humanidade, as atitudes gentis e educadas das pessoas fazem uma grande diferença nas relações do dia a dia. Sua alegria e humor, têm uma relação direta com a forma de como são tratadas e abordadas pelas outras.

Verdade é que há muita gente que não usa nas suas relações sociais, as boas maneiras como instrumentos que cultua uma boa convivência. Se recebem elogios por algo, não agradecem. Quando são distinguidas como pessoas de elevada importância dentro de um determinado contexto, não se dão conta que é preciso externar prazer, satisfação e agradecimento.

Sempre se faz a pergunta: ser assim, é coisa decorrente da falta de educação de berço, é que há pessoas mal educadas mesmo ou é que há gente desligada quanto à necessidade de se conviver com as pessoas exercitando os bons costumes e as boas maneiras da educação que dá à sociedade mais nobreza e fidalguia na convivências de seus integrantes?

(...)

- jose valdir pereira -

Nenhum comentário:

Palavra do Senhor

  "Então disse; eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo"  Hb 10:9.   "...