Livro infantojuvenil do poeta

Livro infantojuvenil do poeta
O MAIS RECENTE LIVRO DO POETA

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Reflexões








"Do poeta escorre o sangue, a poesia, 
pura e tenra, 
porque sua seiva escarlate sai do seu corpo a partir de um coração meigo e amoroso,  
amigo e pueril... 
é presente nos braços da natureza, a mãe maior, 
que o alimenta e o entrega à fome dos homens, 
à ignorância da escassa luz, 
que se apossa feito fera faminta, 
sem alma, sem lua, sem céu e sem coração!" 
(jose valdir pereira)


"...E mesmo assim, às vezes, não nos damos conta do esplendor dessa luz, 
e seguimos no escuro, às trevas, 
sem reparar a luz que nos ama, 
que ilumina o caminho... 
aquele que nos leva ao amor...à vida!"  
(jose valdir pereira)


"Não é a ida com esse fardo pesado que me atormenta; é a volta, só e esquecido.
Não, não me importa cultivar flores e cuidar para que haja frutas no pomar; 
Não receio não ter direito as flores e nem aos frutos...
Afinal,conhecemos a história da multiplicação dos Judas e a história do
crescimento da prole de Pilatos!" 
(jose valdir pereira)






4 comentários:

  1. Passando para ler tudo aquilo que seu lindo coração escreve!!! amo tudo que vem de você meu amigo!!! Bjsss e fica com Deus!!!!

    ResponderExcluir
  2. Se não houvesse o amor, de que valeria a vida?
    Se não houvesse a mulher, de que valeria o amor?
    Se não houvesse flores, para quê os jardins?
    (Jose valdir pereira)

    ResponderExcluir
  3. Vim, li, reli toda opulência que faz parte de ti. Sei, és assim... sentes e fazes sentir o quanto viver amando é bom, amar é bom! Como bem dizes: "Do poeta escorre o sangue, a poesia, pura e tenra, porque sua seiva escarlate sai do seu corpo a partir de um coração meigo e amoroso, amigo e pueril...". Que lindo isso e tudo o mais!. Parabéns meu caro irmão, beijos na Alma.

    ResponderExcluir
  4. Oi mana: Que bela surpresa, encontrá-la neste amoroso espaço literário.
    Tão gentis e sublimes taus palavras, que me dão singular contentamento...
    Muito agradecido...
    Tu me entendes porque tua altura me alcança...
    E isto é bom, porque entendemos e fazemos nossa linguagem.
    Beijos, mana!

    ResponderExcluir