o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

A poesia do poeta

"Estão aqui os versos do poeta,


                                                     que se embriaga com seus madrigais... 

                                                                                      decerto, um gondoleiro do amor casto...


                                                                                                   ...e mais ainda, quando sinceros são todos os corações?"
(josé valdir pereira)


2 comentários:

  1. Maravilhoso!!! Adorei meu lindo amigo!! um grande abraço! Socorro Gregório

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Socorro, querida e amiga!
    Venha sempre! É um prazer ver, constatar que sua preciosa presença veio me oferecer flores e alegrar meu coração.

    ResponderExcluir