amor

amor
Do amor divino. Do amor poético. Quando estamos guiados pelo amor divino, tudo encerra muita alegria e muita paz!

quarta-feira, 24 de junho de 2020

O melhor de mim ainda não te dei e nem a ninguém


O melhor de mim ainda não te dei e nem a ninguém; 

os meus desejos, todos, ainda não os externei e estão guardados e nem eu saberia despertá-los para ti, senão tu e somente tu, para mim; 

...e se há em ti, na tua amorosa alma e no teu já tão amado e dócil coração, a cumplicidade que as flores contemplam às borboletas no aconchego da espontânea entrega, no enlace que faz acontecer a natureza, 

então, não tardará e todos os outros momentos que nos restarem, serão nossos e não desperdiçaremos, como tem sido, e a vida não será pouca, e não perecerá, e nada do que será, diremos que foi em vão...

(josé valdir pereira)


Ainda há todo o tempo do mundo a existir por nós e para nós, nos caminhos que havemos de caminhar, a sós!

(josé valdir pereira)



Nenhum comentário:

Postar um comentário