amor

amor
Do amor divino. Do amor poético. Quando estamos guiados pelo amor divino, tudo encerra muita alegria e muita paz!

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Lembranças, sonhos e pensamentos



De ti, 
são tantas as lembranças a ponto de fazer-me crer que estás aqui,
ao ver teu sorriso encantador, 
teus olhos cheios de amor e tuas mãos endereçadas às minhas, 
pondo-me ao teu alcance, como se estivesses perto do meu corpo e mais dentro ainda do meu coração.


Por ti, 
são tantos os desejos que me vejo nos teus beijos e esmaecido no teu corpo, 
depois de tantos afagos e de tanto amor, 
que me entrego aos meus pensamentos, 
onde estamos, e realizo o amor que suplica minha ânsia de possuí-la do tanto daquelas vezes, 
tu possuída.

Dou-me em êxtase
nas lembranças que me fazem te amar, no meu colo a  dar-me ao teu aconchego e chamegos, meus olhos te contemplam, na entrega do fascínio que me despertam teu corpo, teu sorriso e tua boca, nessas horas sagradas, em que o amor ocorrem à luz de corações, mentes e almas apaixonados.  

Ao ser assim, 
que riquezas são essas lembranças que tomaram contam do meu pressente, 
tão doces lenitivos para o meu corpo e para o meu coração na tua ausência, 
que as dores são arrefecidas e já, aos poucos, me preenchem o vazio da vida que levo longe de ti.

Ao ver-te nos pensamentos, 
nos sonhos e nas lembranças que me chegam permanentemente, realizam-me, plenamente, os meus desejos e me compraz desfrutar da tua presença, mesma nessa ausência que perdura sem que tu possas estar aqui.

- jose valdir pereira -



Nenhum comentário:

Postar um comentário