amor

amor
Do amor divino. Do amor poético. Quando estamos guiados pelo amor divino, tudo encerra muita alegria e muita paz!

segunda-feira, 29 de junho de 2020

E todo homem...

E TODO HOMEM...

Todo homem bom adormece em paz;
e nenhuma flor negar-lhe-á sua beleza e seu perfume;
e nenhuma mulher, negar-lhe-á um sorriso, um olhar; 
e nenhuma pássaro negar-lhe-á seu canto e sua alegria;
e nenhuma relva deixará de acolher seu corpo fatigado pela labuta do dia a dia;
e nenhuma noite impedirá que seus olhos vejam o esplendor das estrelas brilhando no céu;
e nenhuma cova o quererá, intempestivamente, se for sua desdita passar feito mortal comum;
e o vento sempre lhe dirá a melhor direção a seguir;
e nenhum rio negará que banhe seu corpo suado em suas águas;
e não lhe faltará, jamais, a luz, a água, a sombra de uma árvore, o verde da floresta, o azul do mar, as flores e o amor de uma encantadora mulher;
e nada lhe será tirado, e nenhuma blasfêmia lhe será atirada;
e suas palavras serão ouvidas e darão paz ao coração quando desesperado e triste;
e nada lhe faltará: nem o pão, nem o chão, nem o beijo, nem o amor, que terá de uma bela mulher, que merece um homem bom!


(jose valdir pereira)




Nenhum comentário:

Postar um comentário