o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Meu jardim...




"Este jardim tem tanto amor, 
que as pétalas de suas flores sentem a leveza dessa magnitude, 
com a suavidade da alma, o ardor do coração, 
a ponto de nos fazer sentir seu perfume, 
mesmo tão distantes como estamos, 
nos lagos ou nas verdes colinas dos sonhos, 
pensando de como nos faria bem, 
se de perto, 
no aconchego, 
vivêssemos no amor da pessoa amada!"
(jose valdir pereira) 









Nenhum comentário:

Postar um comentário