amor

amor
Do amor divino. Do amor poético. Quando estamos guiados pelo amor divino, tudo encerra muita alegria e muita paz!

quinta-feira, 30 de julho de 2020

É demais efêmera a beleza explícita

 "Deixa que a timidez desperte o fascínio do teu lado oculto; 

o quê de tão magnífico têm eles, o nascer e o pôr-do-sol, 

senão o esplendor da surpresa nos raios que aparecem na aurora do dia, 

ou nos que se escondem, no despertar do anoitecer? 

É assaz efêmera a beleza explícita!"


(josé valdir pereira)



Nenhum comentário:

Postar um comentário