o poeta

o poeta
o poeta e sua mamãe

terça-feira, 21 de junho de 2016



O poeta   escritor  -   jose valdir pereira 







EU SOU, TEU DEUS E TEU SENHOR!

Eu sou o amor, aquele que te deixa sorridente,
feliz e contente, capaz de viver a vida toda, completamente, ou só por alguns momentos;

Eu sou a mão, aquela que te acolhe em qualquer circunstância,
que toca teus lábios antes do beijo, que está sempre estendida como se fosse uma extensão da tua;

Eu sou a paz, aquela que abranda tua alma, dá sossego ao teu coração;

(...)

Eu sou o nada, o tudo, o antes, o depois, a dor, a cura, o acessível, o oculto, a fé, o culto;

Sou os campos verdes, os rios, os mares, o céu, as estrelas,
o luar, o brilho do sol, a tua morada celestial;

Eu sou o eco para teus desejos, tuas preces e orações. Aquele que,
ininterruptamente, te escuta, te ama, te abraça e te beija;

Eu sou o pão que te alimenta, o caminho a caminhares, a luz a seguires,
o verbo a conjugares, Aquele que jamais te rejeita, porque existo para te amar;

Eu sou o onipresente, o onisciente e o onipotente, porque sou teu Deus,
Aquele que te fez à minha imagem e semelhança, para viveres no amor e ser feliz;

(...)

Eu sou a flor que te vislumbra, o perfume que te inebria, a calmaria dos sossegados,
o vento em desalinho, as águas que transbordam, o brilho das estrelas,
o sol causticante dos desertos, os pomares das serras e a abundância dos mares;

Eu sou o verbo, a carne, o espírito, o sim e o não, o alfa e o ômega,
a paz, a guerra, a morte...eu sou a vida - a do instante, a que se acaba, a eterna, a presente;

Eu sou o Senhor teu Deus, da luz às trevas, do bem e do mal,
o livro que segues, o teu vazio na minha ausência, todos os fenômenos da terra, das galáxias, do universo;

Eu sou a voz certa para teus ouvidos, as palavras para teu coração,
as pegadas que deves seguir, o abraço que te faltava, o sonho que não sonhavas e a pureza dos teus pensamentos;

Eu sou Aquele a quem recorres em última instância, que te socorre sob qualsquer circunstâncias,
que te ama acima de tudo, por ser teu Pai, teu amor, teu tudo;

Eu sou o amor!
E tu o és porque foste criado à imagem e semelhança de Deus.

(...)

jose valdir pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário